Skip to content

Você sabe quais são as principais causas das temidas manchas nas axilas?

Compartilhe:

Durante os dias frios, elas ficam cobertas e acabam não chamando tanta atenção. Mas, quando o verão chega essa região do corpo se torna visível com o uso de roupas de banho e peças sem mangas. Estamos falando das axilas! É justamente nessa época do ano que as manchas, causadas por diversos fatores, mais incomodam as mulheres.

Você sabia que o atrito da pele e o método de depilação são as principais causas de manchas nas axilas? O aspecto escurecido pode surgir depois de alergias ou atrito em pessoas predispostas, em especial, aquelas que tiveram aumento de peso significativo. O movimento constante dos braços gera atrito e irrita a pele, provocando sua hiperpigmentação, especialmente nas mulheres negras, que são mais sujeitas a manchas. Alguns tipos de depilação também podem escurecer a região.

Outra causa comum é a foliculite, que pode causar manchas avermelhadas ou escuras nas axilas. O problema nada mais é que a inflamação da estrutura por onde nascem e crescem os pelos. Quem nunca teve esse problema em alguma área do corpo?

Mas, a pergunta que não quer calar é: manchas nas axilas têm tratamento?

Cada causa terá um tratamento diferente. É importante se consultar com um médico dermatologista para saber qual método é adequado. A dermatose papulosa nigra (lembra uma verruguinha em tom escuro) pode ser cauterizada pelo médico dermatologista. Já nos casos provocados por atrito, géis e cremes clareadores ajudam a remover manchas e a unificar o tom da pele. Em casos de foliculite, o profissional de estética pode realizar uma depilação definitiva a laser e tratar as manchas com medicamentos e cremes clareadores.

A pele das axilas é fininha e sensível, por isso precisa sempre de hidratação. Consulte um dermatologista de confiança para analisar o quadro, verifique as causas e receba o tratamento correto. O uso de cremes sem orientação médica pode até mesmo piorar as manchas!

Compartilhe:
Share This